A dica de hoje vai pra quem deseja assistir um pôr do sol de cinema. Tido como uma das melhores vistas dos pontos do Rio de Janeiro, o Parque da Cidade em Niterói encanta pela beleza e altura. Depois de saírmos da praia de Itacoatiara, fomos conhecer este fantástico mirante.

Inaugurado em 1976, o Parque da Cidade  fica localizado no topo do Morro da Viração, a 270m de altitude e é uma APA (Área de Preservação Ambiental).

+ Fotos do Parque da Cidade em Niterói.

Lá de cima vemos dois mirantes. Um com visão panorâmica para as praias oceânicas de Niterói, e o outro para as praias do Rio de Janeiro e também o Pão de Açúcar, Pedra da Gávea, Cristo Redentor e outros pontos magníficos que você só consegue enxergar de lá. A vista do Parque da Cidade é linda à qualquer hora do dia, mas é no pôr do Sol de verão que o visual se faz perfeito. Quando o sol vai ficando baixinho e caindo atrás do Cristo Redentor, deixando o cenário bem alaranjado e com umas cores únicas é a hora que muitas câmeras são sacadas para eternizar um momento tão bom. É realmente imperdível! Ficamos chocados, pois nunca havíamos ido lá antes.

Parque da Cidade Niterói
Parque da Cidade Niterói
Parque da Cidade
Parque da Cidade

Leia Também:
– Bate e Volta em Niterói: Praia de Itacoatiara
– 2 Fantásticos Picos do Rio de Janeiro: Vista Chinesa e Mirante Dona Marta
– 3 Lindas e Afastadas Praias do Rio de Janeiro

O Parque da Cidade é muito utilizado para a prática de voo livre e existem duas rampas de concreto para asa-delta e parapente. Uma com decolagem para a praia de Charitas e outra com decolagem para a praia de Piratininga. Nós não tivemos o prazer de experimentar esse voo, mas quem já foi garante ser inesquecível!

+ Fotos do Parque da Cidade em Niterói.

Localizado no Bairro de São Francisco, não há ônibus que leve até o Parque da Cidade. Você pode subir de carro, a pé ou de bike, lembrando que um bom preparo físico é importante para quem for sem carro (a subida é bem inclinada). A caminhada rumo ao topo pode ser realizada partindo do Bairro de São Francisco ou pelo Largo da Batalha. Os ônibus que passam nas proximidades são: 38, 38A e 46, todos partem do Terminal Próximo da Estação das Barcas.

Nós fomos de carro e deu em média 5 minutos de subida. É possível estacionar lá em cima, mas o número de vagas é escasso, então pode ser que você tenha que parar o carro um pouco longe da entrada e andar um pouquinho, como nós fizemos, mas acredite, vale muito a pena. A entrada é gratuita e o parque fica aberto de segunda a sexta das 08h às 17h. Sábados, domingos e feriados das 8h às 18h. No horário e verão eles costumam funcionar até às 19 horas. Os telefones do Parque da Cidade para tirar alguma dúvida são: : (55 21) 2610.3157 / 0800.282.77.55.

Para quem deseja fazer um tour por Niterói e conhecer o Parque da Cidade, o Caminho Niemeyer, o Museu de Arte Contemporânea e a Fortaleza de Santa Cruz, a agência de turismo Why Not Brasil oferece um passeio muito legal, deem só uma olhada.

+ Fotos do Parque da Cidade em Niterói.

Parque da Cidade Niterói
Parque da Cidade Niterói
Parque da Cidade Niterói
Parque da Cidade Niterói

+ Fotos do Parque da Cidade em Niterói.

Esperamos que você aproveite momentos muito lindos lá de cima! Não deixe de nos acompanhar no Facebook, Twitter e Instagram para saber das novidades.

Beijos e abraços.

CsV

Author

Carioca da clara, essa taurina apaixonada por design e mídias sociais é curiosa por natureza e analisadora de pessoas por mania. Ama se comunicar e viajar (para qualquer lugar que seja), de comer bem, de moda e principalmente de gente.

1 Comment

  1. Roberto Dias Reply

    Sou de Niterói e hoje moro em Teresina no Piauí, no início da década de 80 frequentei muito o parque da cidade devido ao escotismo, lá tive contato com diversos locais desconhecidos para a grande maioria das pessoas que frequentam o parque da cidade, como as dependências do hotel na encosta, que estava totalmente abandonado àquela época, o que permitia que perambulássemos por ele, e também uma caverna, bem grande por sinal, abaixo da estrutura do hotel. Também existia, já no caminho final para a subida do mirante, uma pequena nascente a esquerda, próxima a uma grande pedra que já até rolou alguns metros abaixo.

Deixe seu comentário: