Você já ouviu falar do Caribe brasileiro? É isso mesmo que você está lendo: “Caribe Brasileiro”. Você nunca ouviu falar? Então você tem que conhecer as praias de Alagoas, principalmente as piscinas naturais de Maragogi.

Cada vez mais procurado pelos turistas, Maragogi tem se tornado um dos destinos mais concorridos do nordeste brasileiro. Também não é para menos! Além de várias praias lindas, Maragogi possui fantásticas piscinas naturais que se formam durante a maré baixa e é uma região que tem uma rica fauna e flora que impressionam seus visitantes.

Galés – Maragogi

Logo, nesse post você vai ver todas as dicas para você também conhecer Maragogi em Alagoas. Continue lendo para ver dicas sobre:

  • Como chegar
  • Quando ir
  • Infraestrutura
  • Onde ficar
  • Onde comer
  • O que fazer
  • Quanto custa
  • 4 Dicas importantes

Como chegar:

Avião

As principais portas de entrada de Maragogi são as capitais Maceió e Recife. Apesar de Maragogi pertencer ao estado de Alagoas, o aeroporto mais perto fica em Recife a 123 km. Já o aeroporto de Maceió fica a 139 km de Maragogi.

Carro

Partindo de Maceió

Para quem vem da capital alagoana, o caminho mais rápido é sair do aeroporto sentido a BR-101 e percorrer 27 km na BR até pegar a saída a direita para a estrada AL-430. Depois são mais 27,9km até a saída à esquerda para a estrada AL-105, sentido a cidade de Porto Calvo. Já na estrada AL-105, você percorre mais 41,8 km até a cidade de Porto Calvo, de onde você vai pegar a estrada Al-465 sentido a cidade de Japaratinga. Essa estrada se une a AL-101, e em mais 10 km, você chegará a Maragogi. A viagem de carro dura em torno de 2 horas, dependendo do trânsito. 

Outro caminho alternativo e muito mais agradável para se chegar a Maragogi, é ir beirando o litoral pela rota ecológica. Saindo do aeroporto de Maceió, é só ir sentido as praias da cidade e depois seguir pela rodovia AL-101 toda vida. Você vai passar por Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe, Barra de Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, onde você deve pegar uma balsa para cruzar um rio com o carro. Após isso, você chega a Japaratinga e em mais 10 km você está em Maragogi.

Apesar de mais demorado, esse trajeto passa por extensos coqueirais, lindas praias e ainda cruza belos rios. Garantimos que sua viagem até Maragogi será muito mais prazerosa.

Mapa Rota Ecológica

Partindo de Recife

Já para quem vem de Recife, a melhor rota é sair do aeroporto em direção a BR-101. Depois de 11 km pela BR-101 fique atento para pegar a saída para a estrada PE-060. Depois você vai seguir direto e reto pela estrada PE-060 até cruzar para o estado de Alagoas e a estrada virar AL-101. Aí você percorre mais 14 km até chegar em Maragogi.

Ônibus

A empresa Real Alagoas faz o trajeto Maceió/Recife pelo litoral passando por Maragogi. O tempo de duração da viagem entre as duas capitais é de 4h, e para Maragogi, que fica bem no meio do trajeto, são cerca de 2h de viagem, partindo de Maceió ou Recife.

Os ônibus da Real Alagoas partem dos terminais rodoviários de Maceió e Recife. Para comprar as passagens, é só entrar no site da viação: www.realalagoas.com.br.

Para mais informações você também pode ligar para:
– Maceió: 82 3356.1170 / 3356.1324 
– Recife: 81 3452.1211

Transfers

Maragogi tem uma boa oferta de transfers a partir dos aeroportos de Maceió e Recife. Os serviços variam entre R$ 150,00 a R$ 300,00 o carro. Dependendo da época e da empresa contratada.

Algumas empresas de receptivos que atuam em Maragogi são: Costazul TurismoTransturValturMezatur TurismoMaragotur TurismoCaribe NordestinoGreen MarturCosteira Executive TurGeo Tur ReceptivosSinho TurEJ Tour.

Quando ir

A melhor época para visitar Maragogi é de setembro a março, sendo que os meses com menor índice de chuva são outubro, novembro, dezembro e janeiro.

De abril até agosto, é o período de chuvas na região, portanto não é a melhor época para visitar Maragogi.

Infraestrutura

Apesar de Maragogi possuir uma boa oferta de hospedagens como resorts, hotéis e pousadas, além de bares e restaurantes para receber o turista, no quesito de infraestrutura da cidade em si, Maragogi deixa a desejar. Afinal, o Alagoas é um dos estados brasileiros com piores índices sócios econômicos. Logo, isso acaba afetando o turismo de maneira geral.

Atualmente, Maragogi vive o turismo de massa, e essa falta de estrutura na cidade, faz com que o local se torne caótico no verão. No fundo mesmo, o turismo de Maragogi vive das belezas das suas praias e das megaestruturas de 2 resorts situados na cidade. Não é à toa que a maioria dos turistas acabam ficando hospedados em Maceió, Porto de Galinhas e outras cidades e vilas envolta.

Diferentemente de outros destinos turísticos do Nordeste, Maragogi ainda não conseguiu desenvolver um centro comercial bem estruturado, tranquilo e agradável para receber os turistas. Isso também vale para a praia do centro de Maragogi, que além de ser suja (você consegue ver o esgoto correndo), não possui um calçadão muito atrativo ao turista.   

Onde ficar

Quando o assunto é onde ficar em Maragogi, é necessário ter em mente que a cidade se divide nas seguintes categorias de hospedagem:

Resorts

Maragogi conta com 2 resorts que funcionam no sistema All Inclusive e sempre tem grande ocupação. São o Salinas do Maragogi (veja mais), e o Grand Oca Maragogi (veja mais). Além de serem de frente para praias mais afastadas do centro da cidade, os resorts oferecem uma estrutura completa com piscinas, bares, restaurantes e vários outros mimos. Mas claro que tudo tem o seu preço. A diária em um desses resorts não saí por menos de R$800,00 o casal.

Pousadas do Charme

Outas opções para quem busca paz, sossego e conforto, são as pousadas do Roteiro do Charme de Maragogi, a Praiagogi e a Camurim Grande. A cidade conta com 2 pousadas num esquema mais exclusivo, onde além de possuir toda uma infraestrutura parecida como a dos resorts, as pousadas também oferecem uma diária que inclui o café da manhã e o jantar. Por possuir poucos quartos, as diárias dessas pousadas também podem ser bem salgadas para a maioria dos viajantes.

Para saber mais sobre as pousadas do charme, leia o post do Viaje na Viagem.

Pousadas e Hotéis

Claro que Maragogi também conta com várias opções de pousada e hotéis mais baratos espalhados pela cidade. No site do Booking tem várias opções de hospedagem com desconto. Porém, como estávamos de carro, preferimos ficar hospedado na cidade vizinha, Japaratinga.

Hospedagem em Japaratinga

Situada a 10 km de Maragogi, Japaratinga é uma cidade praiana muito mais tranquila e com clima bem mais agradável. A cidade também possui várias praias e uma piscina natural com uma flora e fauna tão rica quanto as Galés em Maragogi.

Com uma boa oferta de pousadas pé na areia, ficar hospedado em Japaratinga é uma ótima opção para quem deseja fugir dos altos preços e do tumulto de Maragogi.

Pousada Chalés dos Encantos

Por meio de uma parceria, nós ficamos hospedados na Pousada Chalés dos Encantos, na praia do Boqueirão, em Japaratinga. A pousada pé na areia, fica num tranquilo e seguro vilarejo de pescadores, e conta com 10 chalés que possuem quarto com ar condicionado e televisão, sala, banheiro e varanda com rede.

Além de ser de frente para uma linda praia, a pousada também oferece uma estrutura com piscina e um salão onde é servido o café da manhã. Gerenciada pelos próprios donos, a Pousada Chalés dos Encantos é lugar bem familiar e romântico, ideal para quem busca paz, sossego e tranquilidade.

Pousada Chalés dos Encantos
Pousada Chalés dos Encantos

Isso sem falar em todo o atendimento. Os donos, Tony e Maria, e suas filhas, são muito atenciosos e estão prontos para lhe ajudar em tudo o que for possível. Nós passamos o Natal na pousada, e todo esse clima deles nos fizeram sentir em casa. Inclusive, tivemos um pequeno acidente com o nosso carro, e o Tony prontamente se disponibilizou em nos ajudar nos levando até a oficina mecânica para pegar o carro. Por isso tudo que super recomendamos a Pousada Chalés dos Encantos. Ideal tanto para quem deseja conhecer Maragogi, quanto as piscinas e as praias de Japaratinga.

Onde comer

Mesmo com sua estrutura de cidade pequena, Maragogi possui uma boa opção de restaurantes fora dos resorts e pousadas. Quem gosta de comer bem não terá dificuldade. A proximidade com o mar permite que peixes e frutos do mar sejam servidos frescos e das mais variadas formas em refeições bastante fartas. Isso sem falar dos pratos típicos do Nordeste, que também marcam presença.

Camarões, mariscos, lagostas e peixes são facilmente oferecidos nos restaurantes da cidade. Para conferir esse tipo de culinária, a nossa dica é o Restaurante Frutos do Mar. Comemos lá 2 vezes e os pratos estavam simplesmente maravilhosos. Isso sem falar em todo o atendimento e ambiente do local.

Situado de frente para a praia, o restaurante conta com espaço para 300 pessoas, e além de servir deliciosos pratos, o restaurante também funciona como uma agência de turismo receptivo, sendo um dos pontos de onde saem barcos para as Galés.

Restaurante Frutos do Mar – Maragogi
Prato do Restaurante Frutos do Mar

Como ficamos hospedados em Japaratinga, acabamos jantando nos restaurantes de lá, que também são maravilhosos. Mas Maragogi possui vários outros restaurantes super recomendados, como é o caso do Restaurante do Mano, em São Bento e o restaurante Burgalhau, localizado na praia de mesmo nome. 

Para quem prefere comer algo mais simples e com bom preço, a boa é ir na Tapioca da Martha. Se quiser um restaurante variado, a Pizzaria Regina é uma boa pedida. Apesar do nome, o local não serve apenas massas e garante aos clientes um cardápio bastante variado.

Fique de olho no horário de funcionamento dos restaurantes. Como Maragogi é uma cidade de interior, muitas vezes o horário de funcionamento adotado é limitado.

O que fazer

Claro que as principais atrações de Maragogi são as suas 3 piscinas naturais. Endereço das maiores e mais vistosas piscinas naturais do Nordeste, Maragogi é destino ideal para passeios bate-volta. Diariamente chegam turistas às centenas, vindos de Maceió, Recife e Porto de Galinhas, e todos estão em busca da mesma coisa: se deixar fotografar na água transparente em meio a peixinhos.

Porém, além das piscinas naturais, Maragogi também possui uma orla repleta de lindas praias com as águas claras e azuladas. É uma mais bonita que a outra. Isso sem falar das praias das cidades e vilas ao redor de Maragogi.

Logo, veja as principais dicas do que fazer em Maragogi.

Piscinas naturais

Maragogi possui uma das mais belas formações de corais do planeta. São vários arrecifes de coral com flora e fauna riquíssimas, que na maré baixa formam belas piscinas naturais. Estas formações coralinas integram a Área de Preservação Ambiental Costa dos Corais, que se estende de Paripueira, em Alagoas, até Tamandaré, em Pernambuco.

Atualmente, Maragogi possui 3 áreas abertas a visitação: as Galés, a quase 6 quilômetros do litoral, Taocas e Barra Grande ao norte. Nós só conhecemos as Galés, mas todo mundo diz que todas as piscinas são incrivelmente belas.

Também através de uma parceria, nós fizemos o passeio para as Galés com a agência do Restaurante Frutos do Mar. O passeio durou entorno de 2 horas e foi muito divertido. O barco da agência é bem grande e possui uma estrutura com banheiros e venda de bebidas. Os guias são muito atenciosos e estão sempre prontos para ajudar os turistas. Para quem deseja, é possível alugar máscara de snorkel, contratar o serviço de fotos subaquáticas e ainda praticar mergulho com cilindro.

Passeio para as Galés
Galés – Maragogi
Galés – Maragogi

Logo na chegada às Galés você já fica encantado com a cor e transparência da água (e olha que nós fizemos o passeio em um dia que não estava muito sol). Passado o impacto inicial, você começa a explorar o paraíso. Com snorkel e/ou máscara de mergulho, é hora de observar as diversas espécies de seres marinhos. Pelo o que vimos nas Galés, podemos afirmar que a riqueza da fauna e da flora de Maragogi realmente impressionam.  É simplesmente deslumbrante!

Porém, para conhecer os encantos das piscinas naturais de Maragogi, é preciso ficar atento às dicas abaixo:

Informações sobre o Passeio

  • Reserve com antecedência. As piscinas naturais possuem número de visitantes por dia restrito, havendo rodízio de embarcações entre as agências turísticas de Maragogi.
  • O passeio não é realizado todos os dias pois depende da maré.
  • Quanto menor a maré, melhor é a visibilidade. A visita só é permitida com maré máxima de 0.6 no período de 6h às 17h. Portanto, consulte a Tábua de Marés.
  • O passeio é feito em catamarãs e/ou lanchas e possuem duração de 2:30h.
  • O preço varia entre R$75,00 a R$ 100,00, dependendo da época, da agência e da piscina natural escolhida.
  • O preço não inclui o aluguel de máscara de snorkel, que varia entre R$ 15,00 a R$ 30,00.
  • O mergulho com cilindro gira em torno de R$ 120,00 reais com fotos.

Praias de Maragogi

Com 22 Km de litoral, Maragogi possui praias de rara beleza, cada qual com sua peculiaridade. As praias do norte são as mais claras e mais bonitas, mas todas tem seu charme. Seguindo pela estrada AL-101, você vai ver as placas indicando a entrada para as praias.

Para nós, a melhor e mais bonita é a praia do Antunes. Localizada a 7 km do centro de Maragogi, a praia do Antunes possui um extenso trecho quase desabitado de areias branquinhas e um mar azul turquesa.

Também passamos pela praia de Barra Grande e achamos ela muito linda. Mas infelizmente pegamos a maré cheia, e na parte em que paramos o carro, já não tinha quase mais areia. O Ricardo Freire do blog Viaje na Viagem tem um post com uma dica de como chegar na praia de Barra Grande por outra entrada, onde a faixa de areia é maior. Vale a pena dar uma olhada.

Praia do Antunes – Maragogi – Alagoas
Praia de Barra Grande

Outras praias lindas que somente passamos de carro, mas não paramos para conhecer são:

  • Praia de São Bento
  • Praia do Camacho
  • Ponta do Mangue
  • Praia Burgalhau
  • Praia do Peroba

O fato é que tirando a praia do centro de Maragogi que é meio suja, todas as outras são bem limpas, muito bonitas e extremamente agradáveis.

Os arredores

Fora todas as belezas para se explorar em Maragogi, as cidades vizinhas como Porto das Pedras, Japaratinga e São Miguel dos Milagres, também guardam praias e piscinas naturais magníficas que valem muito a pena conhecer. Logo, se você puder, não deixe de explorar a região, que não nossa opinião, tem belezas tão bonitas quanto as de Maragogi.

São Miguel dos Milagres – Alagoas
Piscina Natural de Japaratinga
Praia dos Carneiros – Pernambuco

4 Dicas Importantes

Para aproveitar bem um passeio a uma piscina natural, é preciso ter noção de algumas dicas fundamentais.

1ª – Fique de Olha na Tábua de Marés

Quanto mais seca a maré, mais cristalina e mais visível fica a água das piscinas. Portanto, se tiver vários dias em Maragogi, escolha fazer o passeio para as piscinas naturais, nos dias em que a maré estiver mais baixa. Mas atenção! O horário das marés não é constante. Todo dia a mudança das marés ocorre entre 30 e 45 minutos mais tarde do que no dia anterior. Geralmente os hotéis e pousadas de Maragogi possuem as tábuas de marés, então se informe.

2ª – Chegue antes

O ideal para curtir uma piscina natural é chegar antes da maré mais baixa. Afinal, as piscinas se formam 1:30h antes da maré mais baixa, e vão até 1:30h depois. Porém, quando a maré começa a subir, a água da piscina vai ficando mexida e menos visível. Portanto, o melhor é aproveitar enquanto a maré está baixando.

3ª – Choveu? Não vá!

Uma das maiores roubadas é fazer o passeio para uma piscina natural após um dia de chuvas. A água vai estar bastante mexida, e com pouca visibilidade. Você não vai conseguir ver a paisagem que você vê nas fotos. Vou te falar que o dia nublado já atrapalha bastante. Nós mesmo fizemos em um dia que não estava totalmente aberto, e podemos perceber que a água não estava tão clara quanto nas principais fotos de Maragogi.

4ª – Tamanho não é documento

Apesar de as maiores piscinas serem sempre as mais desejadas, elas nem sempre são as melhores. Muitas vezes as piscinas menores, por receberem menos gente, acabam tendo uma flora e fauna muito mais rica. Foi o que podemos perceber na piscina natural de Japaratinga, onde nós vimos espécies mais variadas de peixes do que nas Galés em Maragogi. Portanto, curta as piscinas naturais menos badalas.

Bem, acho que agora você já conhece um pouco sobre o Caribe Brasileiro, só falta começar a planejar a sua viagem para esse paraíso.

Espero que esse post tenha ajudado você a conhecer um pouco mais sobre Maragogi em Alagoas. Se você acha que esse artigo pode ser útil para algum amigo ou conhecido seu, por favor não deixe de compartilhá-lo. Caso você tenha alguma dúvida, ou tenha alguma dica sobre Maragogi, por favor deixe o seu comentário.

Para saber mais dicas sobre viagens, não deixe de nos acompanhar no Facebook e Instagram.

*O Casal só Viagem ficou hospedado por 3 dias na pousada Chalé dos Encantos e fez o passeio para as Galés com a agência Frutos do Mar por meio de parcerias.

Author

Designer, blogueiro e empreendedor por natureza, sou amante de fotografia, viagens e da boa culinária. Após meu primeiro intercâmbio, criei uma paixão por viagens. De lá pra cá foram 2 mochilões, 15 países conhecidos, fora as viagens no Brasil. Fascinado por experimentar novos sabores, adoro combinar e inventar novas receitas.

Deixe seu comentário: