O turismo no Uruguai vem crescendo muito nos últimos anos, suportado principalmente por seus vizinhos brasileiros e argentinos, que vão atrás de suas belas cidades históricas, suas praias e seus cassinos. O pacato estilo de vida uruguaio que te faz se sentir parado no tempo, junto com a estabilidade política e econômica que fazem do país o mais seguro da América do Sul, tem sido um grande atrativo para os turistas.

Depois de passarmos mais de 15 dias mochilando pela terra do Mujica, resolvemos reunir num post todas as dicas de turismo no Uruguai para ajudar quem deseja conhecer esse fabuloso país sem gastar muito.

Rambla de Montevidéu
Rambla de Montevidéu
Punta del Este
Punta del Este

Leia Também:
– Mochilão pelo Uruguai: Planejamento, Roteiro e Custos!
– 7 Motivos Para Conhecer o Uruguai!
– Parque Nacional de Santa Teresa no Uruguai

Quando Ir:

  • O turismo no Uruguai oferece atrações para o ano todo. Porém, como o país é possuidor de uma bela costa com lindas praias, o ápice acontece no verão, de dezembro ao final de março.
  • Cidades como a capital Montevidéu e a concorrida Punta del Este funcionam normalmente o ano inteiro.
  • Pequenos balneários como Punta del Diablo e a vila de Cabo Polônio veem a sua quantidade de serviços de turismo serem diminuídos durante a baixa temporada de inverno no Uruguai.
  • Quem for nessa época, vale a pena dar uma checada nos sites: Portal del Diablo e Portal del Cabo, para saber o que está aberto e funcionando.

Como Chegar:

Avião:

  • A maneira mais fácil de chegar ao Uruguai é pelo Aeroporto de Carrasco.
  • O principal porto aéreo do país esta localizado a 20 km do centro da capital Montevidéu.
  • De lá é possível fazer conexões para os principais destinos do país como Punta del Este e Salto.

Via Fluvial:

  • Para quem vem de Buenos Aires, o meio mais fácil e mais usado para entrar no Uruguai é pelas barcas que ligam a capital Argentina ao porto da pequena cidade de Colônia del Sacramento.
  • Há 3 empresas que fazem esse trajeto que leva entre 1 a 3 horas, dependendo do tipo de barca: Buquebus (a maior e mais tradicional, tendo barcos com mais frequência e sendo a única que transporta carros); a Seacat (a mais nova e moderna); e a Colonia Express (antiga e a que oferece os preços mais baratos).
  • As empresas ainda oferecem pacotes de translados que te levam de Colônia del Sacramento para Montevidéu ou Punta del Este.
  • Outra maneira é pela empresa Cacciola que liga Tigre na Argentina a Carmelo no Uruguai, terminando o trajeto até Montevidéu por terra.

Ônibus:

  • O principal terminal rodoviário do país está localizado em Montevidéu. O Terminal Tres Cruces possui linhas que ligam o país aos principais destinos de turismo no Uruguai, além de linhas internacionais ligando a capital uruguaia as principais cidades dos países vizinhos, como Buenos Aires, Assunção, Pelotas, Camboriú, Porto Alegre….
  • As principais empresas de ônibus dentro do Uruguai são a Rutas del Sol e a COT.

Carro:

  • Vindo da Argentina, o acesso se faz pela rodovia 14, que é acessível em Buenos Aires. São 3 cruzamentos sobre o rio Uruguay ligando os países: Gualeguaychú-Fray Bentos, Paysandú-Colón e Salto-Concordia.
  • Vindo do Brasil, há 4 maneiras de chegar no Uruguai. Todas elas são através das fronteiras terrestres Chuí-Chuy (BR 471), Jaguarão-Río Branco (BR 116), Rivera-Santana do Livramento (BR 158) ou Artigas-Quaraí (BR 158).

Circulando:

  • O Uruguai possui uma boa estrutura de estradas e de ônibus que cortam praticamente o país inteiro. Desde nossa chegada, em Punta del Diablo, até a nossa saída, em Colônia del Sacramento, nos locomovemos basicamente por ônibus.
  • Nas principais cidades, como Montevidéu e Punta del Este, o transporte público funciona muito bem. A maior dificuldade é para se chegar a Casa Pueblo de ônibus (não há nenhuma linha que passe por lá), por isso preferimos alugar um carro em Punta del Este e ainda de quebra conhecer Piriápolis.
Casa Pueblo
Casa Pueblo

Onde Ficar:

  • Os principais destinos de turismo no Uruguai são Montevidéu e Punta del Este. Ambas as cidades oferecem diversos tipos de hospedagens, em vários lugares diferentes, e o ano inteiro.
  • Em Montevidéu optamos por ficar no centro da cidade, próximo da Cidade Velha e do mercado do porto. Quando visitamos a capital uruguaia era um sábado antes da Páscoa e a cidade estava vazia, mesmo assim tivemos dificuldade em encontrar um quarto para casal em albergues do centro. Acabamos no Red Hostel em um quarto compartilhado com mais um casal que nos saiu por R$ 36,00 a diária por pessoa.
  • Punta del Este, que é tida como uma cidade cara, encontramos um albergue excelente, o Tas Viaje Hostel, por R$ 100,00 a diária. O mesmo valor que nós pagamos em Cabo Polonio no Viejo Lobo Hostel num quarto de casal bem simples com banheiro compartilhado e na acabadinha suíte do Hostel del Diablo em Punta del Diablo. Em Puntal del Este pegamos um quarto de casal todo novinho com ar condicionado, wifi, tv a cabo e um café da manhã delicioso (o melhor da viagem). O banheiro era compartilhado com somente mais um quarto.
  • O site Booking oferece muitas opções de hospedagens no Uruguai e várias com descontos, vale a pena dar uma olhada.

Onde Comer:

  • A comida no Uruguai não é barata igual sua vizinha a Argentina. Comer uma deliciosa e tradicional “parrillada” uruguaia pode pesar um tanto no bolso e desfalcar a viagem.
  • Em Montevidéu fomos num restaurante no mercado do Porto (não lembro o nome) onde os pratos individuais de churrasco eram em média R$ 40,00. Nossa conta deu mais de R$ 100,00, fora os R$20,00 que o garçom não parava de pedir por conta do serviço dele (achei isso muito incoveniente). Portanto fuja do Mercado do Porto. Depois soubemos que é possível comer carnes tão boas quanto a de lá por preços bem menores em outras regiões da cidade.
  • Punta del Este a comida realmente é cara. Foi a cidade mais cara nesse quesito. Chegamos a pagar 70,00 SurReais numa pizza média com um litro de coca cola. Acabamos nos alimentado de fast food, que era a opção mais barata, e cozinhando no albergue.
  • Já em Cabo Polônio pagamos em torno de R$ 20,00 num PF de peixe e uns R$ 80,00 em duas pizzas médias e uma garrafa de vinho. Em Punta del Diablo, comemos dois pratos de camarão, mais entradas e algumas cervejas no sofisticado restaurante Al Pairo e gastamos entorno de R$ 120,00. Mas o balneário conta com opções de vários gostos e preços. Jantamos um nhoque com uma garrafa de vinho pro R$ 60,00.

Importantes Dicas de Turismo no Uruguai

Documentação para entrar no Uruguai:

  • Para os viajantes membros de países do MERCOSUL é imprescindível ter em posse a carteira de identidade em bom estado de conservação e legível ou o passaporte vigente, sendo necessário obter o registro de entrada e saída nos postos da polícia de fronteira do Uruguai.
  • O visa uruguaio é de 90 dias, podendo ser estendido por mais 90.

Documentos para Viagem de Carro ou Moto no Uruguai:

  • Para quem quer ir de carro ou moto, será necessário o documento do veículo, o RG do proprietário e a carteira de motorista.
  • Caso o veículo seja emprestado ou alugado, será obrigatório obter autorização do proprietário, o documento tem que ter a firma reconhecida em cartório e ser legalizado em algum Consulado Uruguaio.
  • Também se faz necessário um Seguro de veículo que tenha validade no Uruguai. Muitas seguradoras emitem a “Carta Verde”, um seguro que possui validade no MERCOSUL.

FIQUE ATENTO! A lei de trânsito no Uruguai obriga que todos os veículos automotores mantenham ligado o farol de luz baixa permanentemente.

Segurança:

  • Apesar do Uruguai ser o país mais seguro da América do Sul, nas cidades grandes é preciso ficar atento, principalmente ao anoitecer na região da Cidade Velha e do Mercado do Porto em Montevidéu.

Bom é isso galera. Acredito que essas sejam as principais dicas de turismo no Uruguai para conhecer esse fabuloso país sem gastar muito. Se ainda não viram nossos posts sobre os 7 Motivos para Conhecer o Uruguai e o nosso Mochilão pelo Uruguai: Planejamento, Roteiro e Custos, não perca tempo!

Curtiu o post?

Então não deixe de compartilha-lo e de seguir a gente no Facebook, Twitter e Instagram, temos muitas dicas legais para te passar!

Beijos e abraços.

CsV

Author

Designer, blogueiro e empreendedor por natureza, sou amante de fotografia, viagens e da boa culinária. Após meu primeiro intercâmbio, criei uma paixão por viagens. De lá pra cá foram 2 mochilões, 15 países conhecidos, fora as viagens no Brasil. Fascinado por experimentar novos sabores, adoro combinar e inventar novas receitas.

16 Comments

  1. Quanto a valores, quero fazer uma viagem do Uruguai, Argentina e Chile, 15 dias de viagem (por terra será argentina e chile) quanto em dinheiro preciso levar, onde fazer o câmbio?

    • Oi Jaqueline, tudo bem? Então, uma viagem para esses países, você pode pensar em um gasto diário entre R$100,00 a R$150,00. Depende muito do seu estilo de viagem e onde você está disposta a se hospedar e comer. Mas acredito que um valor desses por dia é bem razoável. Todos esses países possuem casas de câmbios em suas cidades grandes. O ideal é comprar dolar no Brasil e troca depois lá. Você também pode fazer um cartão visa travel que ai você consegue sacar o dinheiro lá já em pesos.

      Bem acho que é isso. Espero ter ajudado. 😉

  2. Alane Miranda Leite Reply

    fiquei com uma duvida se for de avião é preciso ter o passaporte e a carteira de identidade ou só a carteira de identidade já é o suficiente??? meu passaporte está vencendo e nao consegui renovar ainda

    • Oi Alane, tudo bem? Então, somente a carteira de identidade é o suficiente. Não importa a maneira que você entre no país, seja de avião, ônibus, barcoou a pé. Devido o acordo do Mercosul, você não precisa do passaporte.

      Espero que tenha ajudado. 😉

  3. Cassia de Faria Reply

    Olá vou viajar com minha filha no final de novembro 2016 , gostaria de saber se o valor do taxi do aeroporto ao hotel Q ficaremos fica em média qual o valor. ?? O aeroporto cptao malsinado , obrigada

    • Oi Cassia, infelizmente não sabemos. Mas você pode verificar nos Apps como 99táxis e EasyTaxis, ou até o Uber.

      Espero ter ajudado. 😉

  4. SILVANA ROMANINI Reply

    Olá, tudo bem? Vou até o Uruguai em janeiro/17, gostaria de alugar um carro, tem alguma dica de empresa para locação? Obrigada

    • Oi Silvana, tudo bem e você? Então, nós usamos muito a Localiza no Brasil e gostamos muito dela. Porém nunca usamos ela no Uruguai, mas sabemos que ela tem filiais em Montevidéu e Punta del Este. Talvez possa ser uma boa opção.

      Acho que é isso. Espero ter ajudado.

  5. Olá, quero fazer minha primeira viagem ano que vem. Existe algum grupo de what ou algo do tipo em que é trocado experiencias. Tenho muitas dúvidas.

    • Oi Eliabe, tudo bem? Então, um site bem maneiro e antigo para tirar dúvidas de viagens é o fórum Mochileiros. Tem várias perguntas lá já respondidas e também é possível abrir novas perguntas. Caso você fique com alguma dúvida para planejar sua viagem para o Uruguai, pode nos perguntar, teremos o maior prazer em ajudar. 😉

  6. Oi Thiago! Adorei as dicas, estamos planejando passar por lá em março deste ano.

    • Oi Maiara, tudo bem? Muito bom saber que gostou das dicas, um indício de que estamos no caminho certo. Tenho certeza de que você vai adorar o Uruguai, é um país encantador. Se você tiver alguma dúvida, é só nos perguntar. 😉

  7. Carlos Fernandes Reply

    Em Janeiro estarei indo ao Uruguai, e tenho dúvidas em relação a moeda.. O que é mais utilizado? Moeda local, dollar?

    • Oi Carlos, tudo bem? Então a moeda mais usada é a local, mas o real e o dolar tem uma aceitação muit grande, quase igual que a moeda local. A não ser para transporte publico e pequenos comércios que só aceitam pesos. Portanto vale mais a pena levar o que você já tiver. Se tiver dólar, leve dólar. Mas caso você não tenha, acredito que seja melhor ir com o real mesmo. Bom acho que é isso. Só mais uma coisa, se você for reservar seus hotéis pelo site do Booking, te peço encarecidamente, que reserve através do nosso blog ou desse link aqui: http://www.booking.com/country/uy.pt-br.html?aid=810667. Temos uma parceria com o Booking, que a cada reserva feita a partir de nosso blog, ganhamos uma comissão e você não paga nada a mais por isso, somente ajuda a desenvolver mais ainda o blog.

      Bom acho que é isso. Espero ter ajudado,se tiver mais alguma dúvida é só perguntar. 😉

  8. oi Thiago, as dicas excelentes, farei bom uso delas,
    obrigado…

    • Oi Mario, com é bom ler isso. Sempre ficamos felizes em ajudar mais viajantes. Se tiver qualquer dúvida é só nos perguntar que tentaremos ajudar. 😉

Deixe seu comentário: