Hoje contaremos um pouco sobre a nossa última viagem. Depois de dois anos passando o Réveillon na Bahia, desta vez decidimos rumar para o sul e conhecer a pequena e paradisíaca cidade de Bombinhas. Menor município de Santa Catarina, localizado a 1100 km do Rio de Janeiro, Bombinhas é privilegiada por sua formação geológica.

Alugamos um carro e junto com mais três amigos partimos rumo a um destino pouco explorado por cariocas. Fomos pela rodovia BR 116 direto até Curitiba. A estrada para Bombinhas está muito boa, toda duplicada, inclusive a parte da Rodovia Régis Bittencourt que liga São Paulo a Curitiba. A estrada BR 376 para Joinville e a BR 101 rumo a Florianópolis também estão duplicadas e bem sinalizadas. O único problema nesta época do ano é o tráfego intenso de veículos na altura de Balneário Camboriu e Itapema. Enfrentamos um engarrafamento que durou até a nossa saída para Porto Belo (mal sabíamos que o pior nos esperava).

+ Fotos do Bombinhas Santa Catarina.

Quando saímos da BR 101 pensamos que o trânsito tinha passado e que estávamos finalmente chegando ao paraíso. Porém não foi bem assim. Só existe um meio de se entrar e sair de Bombinhas, que é por Porto Belo. Ou seja, a passagem pela cidade é caótica. Levamos quase 2 horas para percorrer um trecho de uns 10 km e alcançarmos Bombinhas.

Partindo
Partindo
Chegada em Porto Belo
Chegada em Porto Belo

Leia Também:
– 5 Lindas e Encantadoras Praias de Bombinhas
– Armação de Búzios: O Balneário mais Chamorso do Rio de Janeiro
– Punta del Este: A Queridinha dos Brasileiros

Ao todo o trajeto de ida durou 13 horas (saímos de Barra do Piraí) e 15 horas o de volta para o Rio de Janeiro. Só paramos para comer, abastecer, ir ao banheiro e passar por pedágio. Haja pedágio! São mais de 15: dois de R$10,90; mais dois de R$2,70; um de R$4,80; oito de R$1,80 ….. e assim vai! Na volta (já em 2015) o que era R$1,80 virou R$2,00, o que era R$4,80 virou R$5,00, e assim por diante (a tal inflação é foda!). Sei que ao todo (ida e volta) gastamos R$ 107,90 de pedágio e R$ 868,00 de gasolina.

+ Fotos do Bombinhas Santa Catarina.

Bombinhas é uma pequena península rodeada pelos verdes da mata atlântica e cercada por 39 praias de belezas que agradam aos mais diversos gostos. São praias de águas verdes e claras e areias brancas dedeixar de queixo caído. A origem de seu nome se deriva do barulho das ondas batendo nas areias, lembra um estampido de uma bombinha. Uma cidade com população em torno de 13000 habitantes, Bombinhas vê no verão suas praias e ruas serem tomadas por uma população flutuante 10 vezes maior que sua população fixa.

+ Fotos do Bombinhas Santa Catarina.

Com a explosão turística nos últimos anos, a cidade vem sofrendo sérios problemas no verão, principalmente com o excesso de veículos e pessoas. É um problema tão sério, que neste ano (2015) a cidade começou a cobrar a Taxa de Preservação Ambiental (TPA) de R$ 21,83 por cada veículo de passeio que entra na cidade. A cobrança é feita no período de 15 de novembro a 15 de abril por meio de radares que fotografam as placas dos carros na entrada da cidade. Há mais de 20 postos para o pagamento da taxa na cidade e também é possível pagar pela internet. Mais informações no site da prefeitura de Bombinhas.

+ Fotos do Bombinhas Santa Catarina.

A cidade é dividida praticamente em 5 “bairros” cujos nomes derivam de suas praias. Circular de carro pelos dois principais “bairros”, Bombas e Bombinhas, é realmente muito complicado nesta época, o transito é caótico.

Bombas é o primeiro bairro de Bombinhas. Situado logo na entrada da cidade, é onde você encontra serviços bancários, correios, rodoviária, posto de saúde… Em seguida se chega a Bombinhas, uma praia um pouco menor que a praia de Bombas e com um centro comercial que conta com ótimos restaurantes, bares, lojas, feiras de artesanato…

Vista para a praia  de  Bombinhas e Bombas
Vista para a praia de Bombinhas e Bombas
Vista para a praia  de  Bombinhas e Bombas
Vista para a praia de Bombinhas e Bombas

Seguindo o contorno da península de Bombinhas, chega-se a praia de Mariscal. Uma linda e extensa praia que conta com uma boa estrutura de pousadas, mercados e restaurantes. É uma área que vem sofrendo uma enorme expansão e especulação imobiliária. Foi em Mariscal que encontramos o nosso camping, mas daqui a pouco falamos dele.

+ Fotos do Bombinhas Santa Catarina.

Os dois próximos “bairros” e praias, Canto Grande e Zimbros. Canto Grande também conta com uma boa infraestrutura de pousadas, mercados, lojas e restaurantes, além de proporcionar um dos mais bonitos por do sol de Bombinhas. Este região conta com uma grande criação de mariscos, quitute que não falta nos restaurantes da cidade.

Pôr do Sol em Canto Grande
Pôr do Sol em Canto Grande
Pôr do Sol em Canto Grande
Pôr do Sol em Canto Grande

Assim que chegamos à Bombinhas, fomos procurar alguns campings para ficar. Como decidimos ir para o sul em cima da hora, acabamos não conseguindo reservar nada. Porém a cidade oferece diversas opções de hospedagens, de uma olhada no Booking. Depois de olharmos 3 campings em Bombas e Bombinhas e acharmos muito caro para o nosso orçamento (R$50,00 a diária por pessoa), encontramos o Camping da Luana numa sorte tremenda.

Localizado na rua da praia de Mariscal, o Camping Luana era tudo o que a gente procurava e precisava. Uma boa área gramada com muitas árvores; pontos de luz espalhado por todo o espaço; uma cozinha equipada com 2 geladeiras e um fogão a gás; 2 pequenos banheiros (um masculino e um feminino) com 1 ducha de água quente e 1 ducha de água fria; e mais 2 duchas externas. O Camping da Luana realmente nos proporcionou sombra e água fresca.

+ Fotos do Bombinhas Santa Catarina.

A diária nos saiu R$ 25,00 por pessoa e com uma estrutura simples e boa, com segurança, com muita organização e um atendimento acolhedor foi fácil se sentir em casa. Realmente não tivemos nenhum perrengue em relação ao banheiro e ao camping em geral, mesmo no dia 31 e dia 1º que é quando Bombinhas fever. O camping parou de aceitar barracas para não prejudicar o conforto e o andamento.

Conhecemos pessoas fantásticas e desfrutamos de momentos incríveis no camping. Nós só temos a agradecer toda a atenção dada pelo pessoal do Camping Luana, principalmente ao Amarildo e ao Cláudio. O telefone para mais informações sobre o camping é 047 91959971.

Entardecer Camping Luana
Entardecer Camping Luana

Nos próximos posts mais sobre toda a beleza deste paraíso da costa de Santa Catarina. Nossa viagem por Bombinhas esta só começando. Não deixe de nos acompanhar no Facebook, Twitter e Instagram para saber das novidades.

Beijos e abraços.

CsV

Author

Designer, blogueiro e empreendedor por natureza, sou amante de fotografia, viagens e da boa culinária. Após meu primeiro intercâmbio, criei uma paixão por viagens. De lá pra cá foram 2 mochilões, 15 países conhecidos, fora as viagens no Brasil. Fascinado por experimentar novos sabores, adoro combinar e inventar novas receitas.

4 Comments

  1. Paola Viana Reply

    Boas dicas para aproveitar a cidade de Bombinhas.
    Moro no Paraná e pretendo viajar nas próximas férias para Santa Catarina, Bombinhas está entre as minhas opções, com aumento do pedágio e da gasolina, não compensa mais ir de carro, então pretendo ir de ônibus. Pesquisando na internet, encontrei a Viação Real Expresso – http://www.onibuspassagens.com.br/passagens-real-expresso/ , que oferece vantagens para quem deseja viajar para estados como Santa Catarina, Rio de Janeiro e Goiás.

  2. Olá casal,
    Assim como a Thais, conhecia Bombinhas desde os 7 anos de idade, quando não tinha asfalto e era praticamente deserta. Todo ano, do dia 26 de dezembro a 5 de janeiro, estava eu e minha família lá… rs…
    Realmente, é muito gostoso ir pra lá, mas nos últimos anos, vim notando o cheiro de esgoto que vem da cidade na praia. A praia me pareceu um pouco mais limpa este ano, em relação a lixo jogado pelos turistas, mas o cheiro continua. É uma pena.
    Obs.: Acho que a primeira foto é de Mariscal (à dir.) e Zimbros (à esq.), não de Bombinhas…

  3. Adoro bombinhas, passei praticamente toda minha infância la. Conheci o local quando nem existia asfalto e os turistas não conheciam. Há dois anos passei o réveillon lá e notei que muita coisa mudou, a cidade cresceu, os turista aumentaram, mas a beleza continua. Um dos lugares mais belos do Brasil.
    Sucesso no blog.
    Thais
    http://curioviagens.blogspot.com

Deixe seu comentário: